Sistema Modular Motorizado

Compõe-se de treliça metálica confeccionada em alumínio, liga estrutural 6061 T6 de alta resistência, com tensão mínima de ruptura a tração de 317 mpa , tensão mínima de escoamento de 281 mpa. Essas treliças serão eletrosoldadas formando seções compactas triangulares com comprimentos variáveis.

 

A estrutura tubular em alumínio de 2” e espessura 3/16” permite grande capacidade de carga, sendo que cada um destes sistemas pode ser utilizado tanto para iluminação cênica como para cenografia. Em seu interior é instalado um motoredutor SEW que permitirá sua movimentação no sentido vertical entre o urdimento e o palco, sem que seja necessária a utilização de contrapesos.

 

O sistema de içamento conta com conjuntos de cabo de tração com sistema de detecção de cabo frouxo, sensor de sobrecarga , com enrolamento em tambor linear com curso conforme projeto , mantendo duas voltas de cabo para segurança.

 

Cada SMM é dotado de canaleta interna especialmente projetada e confeccionada para abrigar todos os cabos de alimentação das tomadas nela contida, que visa a ligação da iluminação cênica “dimmerizada”. Quando um SMM for utilizado para compor uma iluminação, sendo movimentado verticalmente, é adaptado um sistema de coleta de cabos de alimentação, seja tipo cesta ou pantográfico.

 

A conexão dos cabos de alimentação se dão por intermédio de conectores multipolares tipo SOCAPEX de 19 vias, DMX, ou equivalente. Um multicabo flexível de 19 vias é conectado por intermédio dos conectores em referência, e por sua vez serão conectados à caixa de ligação especialmente projetadas em cada uma das extremidades dos SMM. Desta forma permitirá a desconexão destes SMM tanto para manutenção em solo.

 

Cada SMM conta com comando próprio permitindo seu acionamento individual que pode ser feito diretamente no palco.